Inicial » Mais notícias » Portabilidade na telefonia chega a Belo Horizonte e Aracaju  

Mais notícias

Portabilidade na telefonia chega a Belo Horizonte e Aracaju
19 de Janeiro de 2009

Além das duas capitais, os assinantes das regiões de Ponta Grossa (PR), Caxias do Sul (RS), Feira de Santana e Barreiras (BA) também poderão levar o número na troca de operadora

Os usuários dos serviços telefônicos residentes nas áreas dos códigos nacionais (DDDs) 31, em Minas Gerais; 42, no Paraná; 54, no Rio Grande do Sul; 75 e 77, na Bahia; e 79, em Sergipe, contam com a portabilidade a partir de hoje, 19 de janeiro. São mais 674 municípios, incluindo Belo Horizonte e Aracaju, e mais de 17 milhões de assinantes que contarão com a facilidade de manter o número de telefone ao mudar de prestadora. Assim, a portabilidade numérica está disponível em 48 DDDs, o que abrange 4.610 municípios (83% das cidades brasileiras) em 21 unidades da Federação e 110 milhões de assinantes (57%) das telefonias fixa e móvel.

O direito de manter o número já pode ser exercido em capitais como Porto Alegre, Curitiba, Goiânia, Campo Grande, Teresina, Vitória, Natal, Salvador, Belo Horizonte, Aracaju e Manaus. A partir de 2 de março, cobrirá todos os municípios brasileiros. A decisão de implementar a portabilidade de forma gradativa visa a garantir o funcionamento das redes e das centrais de atendimento das prestadoras, minimizando possíveis impactos. Para saber quando a portabilidade estará disponível em sua região, clique aqui.

A portabilidade numérica possibilita ao usuário de serviços de telefonia fixa e móvel manter o número do telefone (código de acesso), independentemente da operadora do serviço a que esteja vinculado, sendo um estímulo à competição, à redução nos preços e à melhoria na qualidade do atendimento ao usuário. Só é possível portar o número dentro do mesmo serviço: da telefonia fixa para a telefonia fixa, da telefonia móvel para a telefonia móvel. Assim, para os usuários de celulares, a manutenção do código de acesso é possível dentro do mesmo DDD. Já para os assinantes de telefones fixos, a manutenção é possível dentro da mesma Área Local.

Para solicitar a portabilidade, o usuário deve seguir os seguintes passos:

Após a solicitação, o código de acesso deve ser portado em até cinco dias úteis.

Cartilha - A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) disponibilizou no portal da Agência a cartilha Perguntas mais Freqüentes sobre Portabilidade Numérica, que também pode ser obtida pessoalmente nas Salas do Cidadão, localizadas nos escritórios estaduais da Agência. Escrita em texto acessível, explica o que é a portabilidade, a taxa que pode ser cobrada do usuário cada vez que se portar o número e dá orientações de como solicitar a portabilidade, entre outras informações.