Portal do Consumidor

Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Concurso Prática Inovadora
Início do conteúdo da página

Anatel realiza concurso para premiar iniciativas de inovação nas relações de consumo

Publicado: Segunda, 11 de Março de 2019, 16h57 | Última atualização em Quinta, 18 de Abril de 2019, 17h28 | Acessos: 980

 

A Agência Nacional de Telecomunicações acaba de lançar um concurso para premiar práticas inovadoras nas relações de consumo. A ideia é destacar duas boas iniciativas das prestadoras de serviços do setor no âmbito do atendimento ao consumidor e, com isso, estimular a melhoria na qualidade dos serviços e o respeito aos direitos dos consumidores.

O prazo de inscrições termina em 10 de junho. O resultado será divulgado pela Anatel até novembro de 2019. Confira as regras do prêmio no edital.

“Este edital é um estímulo para que as prestadoras criem soluções inovadoras para sua relação com os consumidores, com total respeito aos seus direitos. Assim, além de cobrar providências das prestadoras quanto à correção de problemas, a Agência também se dispõe a reconhecer as boas práticas implementadas por elas”, declarou a superintendente de Relações com os Consumidores, Elisa Vieira Leonel.

Os projetos premiados serão reconhecidos pela Anatel por meio de um certificado com o ano de concessão do prêmio, o nome do projeto e o nome da prestadora que desenvolve a iniciativa. Será premiada uma iniciativa de prestadora de pequeno porte (PPP) – ou seja, empresas que possuem participação de mercado nacional inferior a 5% em cada mercado de varejo em que atua – e outra de prestadora que não se encaixa nesse perfil. As PPP poderão inscrever um projeto e as demais, até duas iniciativas.

Para participar da ação, os projetos apresentados devem ter sido implementados por prestadoras de serviços de telecomunicações de interesse coletivo a partir de janeiro de 2018 ou devem estar em fase de implementação, desde que tenham resultados objetivos ou mensuráveis. Ao inscrever uma iniciativa no concurso, cada empresa deverá explicar a situação ou problema que deu origem ao projeto, o seu planejamento e desdobramento, as atividades implementadas, os obstáculos enfrentados e soluções adotadas e também os resultados para os consumidores e para a empresa.

 

Como será feita a avaliação

Será formada uma comissão de avaliação, composta por sete membros: dois servidores da Anatel (sendo um deles o presidente da comissão), um representante do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), um representante indicado pelo Comitê de Defesa dos Usuários de Serviços de Telecomunicações (CDUST), um representante de entidade integrante do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (SNDC), a ser indicado pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), e dois acadêmicos com reconhecida produção em áreas afetas ao tema da premiação, os quais serão convidados pela Anatel.

Cada componente da comissão vai conceder a cada projeto uma pontuação entre 0 e 100 cem pontos, considerando seu impacto para a melhoria das relações de consumo, o alcance da iniciativa junto à base de consumidores, a comprovação de resultados (preferencialmente por meio de métricas verificáveis) e o compromisso de manutenção do projeto ao longo do tempo.

registrado em:
Fim do conteúdo da página