Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Destaque > Brasil registra 233,35 milhões de linhas móveis em outubro sustentado pelas pequenas operadoras
Início do conteúdo da página
Telefonia Móvel - Acessos

Brasil registra 233,35 milhões de linhas móveis em outubro sustentado pelas pequenas operadoras

Publicado: Sexta, 24 de Julho de 2015, 14h53 | Última atualização em Quinta, 06 de Dezembro de 2018, 11h31 | Acessos: 167994

Dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informam que o Brasil possuía 233,35 milhões de linhas móveis em operação no mês de outubro de 2018. Nos últimos 12 meses, as grandes operadoras, que são aquelas que possuem individualmente ao menos 5% do mercado, perderam 8,57 milhões de linhas enquanto as prestadoras de pequeno porte ganharam de 1,06 milhão.

Assim, os números referentes a outubro de 2018 também registam que o país perdeu 7,50 milhões de linhas (-3,12%) nos últimos 12 meses e, na comparação com setembro deste ano, foram menos 905,99 mil (-0,39%).  Entre as grandes, a Vivo totalizou 74,00 milhões de linhas (31,71% do mercado), seguida da Claro, com 58,92 milhões (25,25%), da TIM, com 56,40 milhões (24,17), e da Oi, com 38,17 milhões (16,36%).

As linhas móveis pós-pagas em operação foram 97,02 milhões de unidades (41,58% do mercado) em outubro de 2018, aumento de quase cinco pontos percentuais em 12 meses. Os terminais pré-pagos registraram 136,33 milhões de linhas (58,42%). Na comparação com setembro deste ano, as linhas pós-pagas cresceram 1,15 milhão de unidades (+1,20%).

Os únicos estados que apresentaram crescimento no número de linhas móveis nos últimos 12 meses foram Roraima, mais 37 mil linhas em operação (+7,82%), Amapá, mais 31 mil (+4,45%), Amazonas, mais 140 mil (+4,06%), e Espírito Santo com mais 37 mil (+0,98%).  As maiores participações de mercado no Brasil ocorrem no estado São Paulo, com 62,81 milhões de linhas móveis em operação (26,94% do mercado), em Minas Gerais, com 22,09 milhões (9,47%), e no Rio de Janeiro, com 19,99 milhões (8,57%).

Acesse os dados do serviço do serviço móvel.

O conteúdo abaixo não é exibido corretamente no navegador Internet Explorer. Recomendamos o uso dos navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox ou Safari.

Acessos dos Serviços Móveis Pessoais

Região
Brasil
⊕ Região Norte
Rondônia
Acre
Amazonas
Roraima
Pará
Amapá
Tocantins
⊕ Região Nordeste
Maranhão
Piauí
Ceará
Rio Grande do Norte
Paraíba
Pernambuco
Alagoas
Sergipe
Bahia
⊕ Região Sudeste
Minas Gerais
Espírito Santo
Rio de Janeiro
São Paulo
⊕ Região Sul
Paraná
Santa Catarina
Rio Grande do Sul
⊕ Região Centro-Oeste
Mato Grosso do Sul
Mato Grosso
Goiás
Distrito Federal

Evolução do Número de Acessos no Tempo

O gráfico informa a situação mensal em interações com o ponteiro do mouse e pode ser filtrado ao se clicar nos itens da legenda.

Densidade dos Serviços Móveis Pessoais

(Acessos por grupo de 100 habitantes)

registrado em:
Fim do conteúdo da página