Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Jogos Rio 2016

Redes móveis funcionaram bem na cerimônia de abertura

Publicado: Terça, 09 de Agosto de 2016, 13h04 | Última atualização em Segunda, 28 de Novembro de 2016, 10h28 | Acessos: 2755

Apesar do elevado tráfego de dados, as redes do serviço móvel funcionaram adequadamente durante a cerimônia de abertura da Olimpíada, realizada no Maracanã no último dia 5. Em relação à final da Copa do Mundo de 2014, o tráfego durante a solenidade olímpica praticamente dobrou, atingindo a marca de 1,4 TB (uplink  + downlink) contra 0,7 TB (uplink  + downlink). Na final da Copa do Mundo, o volume médio de tráfego foi equivalente a 18 fotos enviadas/recebidas por espectador. Durante a abertura da Olimpíada, esse número subiu para 36 fotos enviadas/recebidas.

Para o cálculo, o tráfego total (uplink e downlink, 3G e 4G) no período de quatro horas (19h às 23h) foi dividido pelo número de pessoas presentes, considerado-se o tamanho médio de foto de 550KB.

Não houve registros de congestionamento acentuado e nem interrupções na rede telefonia móvel. Se considerado o perfil de uso elevado dos smartphones para fotografar e gravar em vídeo o espetáculo, seguido de frequentes compartilhamentos destes arquivos nas redes sociais ou por serviços como o whatsapp, conclui-se que a rede de telefonia móvel superou o desafio de atender a demanda do público. Para alguns usuários, em períodos curtos de tempo, pode ter havido sensação momentânea de deficiência da rede móvel, que cessava rapidamente, possibilitando então utilizar de forma adequada tanto os serviços de voz quanto de dados.

A Anatel realizou testes de performance de rede na zona Maracanã, walk-test e drive-test, para simular o uso de serviços amplamente utilizados como envio de fotos, download de arquivos e utilização do serviço de voz. As medições ocorreram durante o dia e à noite no Maracanã, durante o início da cerimônia de abertura. Diariamente, a Anatel recebe indicadores de desempenho de rede de telefonia celular enviados pelas operadoras ao Centro de Monitoramento de Redes da Agência, localizado em Brasília.

Notícia relacionada

25/08/2016 – Anatel inicia operações na Olímpiada

 

 

registrado em: