Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias Destaque > Últimas Notícias > Brasil registra redução de mais de 1 milhão de contratos de TV por assinatura em 12 meses

DADOS

Brasil registra redução de mais de 1 milhão de contratos de TV por assinatura em 12 meses

Publicado: Quinta, 26 de Abril de 2018, 16h12 | Última atualização em Segunda, 30 de Abril de 2018, 11h51 | Acessos: 903

De acordo com dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o Brasil registrou 17.851.565 contratos de TV por assinatura no mês de março de 2018. Nos últimos 12 meses, a redução foi de 1.081.024 contratos (-5,71%). E em relação ao mês anterior, março apresentou uma pequena redução de 972 contratos (-0,01%). 

Empresas
A participação de mercado das prestadoras móveis ficou assim dividida em março de 2018: A NET possui 8.973.366 clientes, o que representa 50,27% do mercado, a Sky possui 5.298.485 clientes, o que equivale a 29,68% do mercado. A Telefônica possui 1.586.498 de clientes (8,89% do mercado) e a Oi possui 1.526.399 clientes (8,55% do mercado).

Nos últimos 12 meses, somente duas empresas registraram crescimento: a Oi com +175.163 contratos (+12,96%) e Algar com um leve aumento, de 362 contratos (0,37%). As demais empresas apresentaram queda, com destaque para NET, com a perda de 765.891 contratos (-7,86%) e Sky com redução de 289.986 contratos (-5,19%).


Unidades da Federação

Dentre os estados, em 12 meses, as maiores reduções de contratos, em termos percentuais, foram: no Amapá com -3.021 (-12,89%), Pernambuco com -47.104 (-12,66%) e Sergipe com -11.174 (-11,69%). Em termos quantitativos as maiores quedas foram: em São Paulo com -485.499 contratos (-6,71%) e Rio de Janeiro com -129.250 contratos (-5,05%). Maranhão, Piauí e Tocantins registraram pequenos aumentos no serviço.

Na comparação entre fevereiro e março de 2018, as maiores reduções percentuais foram: no Amapá com -264 contratos (-1,28%) e no Pará com -4.913 contratos (-1,59%). Em termos quantitativos, as maiores diminuições foram: no Rio de Janeiro com -5.932 contratos (-0,24%) e no Pará com -4.913 contratos (-1,59%). O Rio Grande do Sul registrou um aumento de 8.082 contratos de TV por assinatura, de fevereiro para março de 2018.

Para mais informações acesse as tabelas

 

registrado em: