Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Pagina inicial > Súmulas > Súmula nº 1, de 15 de janeiro de 1998
Início do conteúdo da página


Súmula nº 1, de 15 de janeiro de 1998

Publicado: Segunda, 19 Janeiro 1998 12:35 | Última atualização: Terça, 21 Maio 2019 13:36 | Acessos: 2698

Observação: Este texto não substitui o publicado no DOU de 19/1/1998.

 

O CONSELHO DIRETOR DA AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL, representado pelo seu Presidente, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pelo art. 19 da Lei nº 9.472, de 16 de julho de 1997, e art. 16 do Regulamento da Agência, aprovado pelo Decreto nº 2.338, de 7 de outubro de 1997, em sua Reunião nº 010, realizada em 14 de janeiro de 1998, e

CONSIDERANDO que os serviços de telecomunicações serão organizados com base no princípio da livre, ampla e justa competição entre todas as prestadoras, devendo o Poder Público atuar para propiciá-la, bem como para corrigir os efeitos da competição imperfeita e reprimir as infrações da ordem econômica, conforme art. 6º da Lei nº 9.472, de 1997;

CONSIDERANDO que é vedada à Concessionária de Serviço Móvel Celular a adoção de práticas anticompetitivas ou de procedimentos que resultem em discriminação de qualquer natureza no relacionamento com outras Concessionárias de Serviço Móvel Celular e de Serviço Telefônico Público, conforme item 4.2 da Norma nº 20/96, aprovada pela Portaria nº 1.533, de 4 de novembro de 1996, do Ministério das Comunicações;

CONSIDERANDO que compete à Anatel assegurar às Concessionárias de Serviço Móvel Celular tratamento equânime e não discriminatório em ambiente de justa competição, devendo, sempre que julgar oportuno, adotar as medidas necessárias, para o atendimento do interesse público e para o desenvolvimento das telecomunicações brasileiras, conforme itens 4.1 e 4.1.1 da Norma nº 20/96 e art. 19 da Lei nº 9.472, de 1997;

CONSIDERANDO que compete à Anatel deliberar na esfera administrativa quanto à interpretação da legislação de telecomunicações e sobre os casos omissos, conforme art. 19, inciso XVI da Lei nº 9.472, de 1997;

RESOLVE editar a presente Súmula:

"A existência de acordo de "roaming" entre Concessionárias de Serviço Móvel Celular (SMC) importa, obrigatoriamente, na celebração de acordo, em condições equivalentes, com outra Concessionária de SMC interessada, respeitado o padrão de tecnologia celular utilizado pela Concessionária que atender ao assinante visitante. A obrigatoriedade não se aplica à área geográfica comum às áreas de concessão das Concessionárias envolvidas."

Esta Súmula entra em vigor na data de sua publicação.

RENATO NAVARRO GUERREIRO
Presidente do Conselho

Fim do conteúdo da página