Inicial » Mais notícias » Implementação do nono dígito na área 11 ocorre sem problemas  

Mais notícias

Implementação do nono dígito na área 11 ocorre sem problemas
30 de July de 2012

Presidente da Anatel, João Rezende, e o gerente de Acompanhamento e Controle das Obrigações de Interconexão, Adeilson Evangelista Nascimento, em entrevista coletiva sobre a implementação do nono dígitoA implementação do nono digito na telefonia móvel de São Paulo ocorreu em conformidade com o planejamento da Anatel, sem registro de ocorrências que comprometessem as chamadas entre os usuários.

No último domingo, 29, os acessos móveis da área 11 - que compreende a capital do Estado de São Paulo e mais 63 municípios - ganharam o dígito 9, que deve ser acrescentado à esquerda dos atuais números, que passam a ter o seguinte formato: 9xxxx-xxxx.

A Anatel acompanhou as atividades de alteração e o comportamento das redes nos últimos dois dias. Até o momento, 40% das ligações para celulares da área 11 já estão sendo marcadas pelos usuários com nove dígitos.

"A implementação do nono digito foi uma operação segura e tranquila", avaliou o presidente da Anatel, conselheiro João Rezende, em entrevista coletiva concedida à imprensa na tarde de hoje no escritório da Agência em São Paulo, juntamente com o gerente de Acompanhamento e Controle das Obrigações de Interconexão da Anatel, Adeilson Evangelista Nascimento.

Nos primeiros dez dias da mudança, as chamadas feitas com oito dígitos serão completadas normalmente. A partir de 8 de agosto, as ligações feitas com oito dígitos começam a ser interceptadas com mensagem de orientação sobre a mudança, o que ocorrera até 15 de janeiro de 2013. As prestadoras têm a opção de completar as chamadas após o aviso.

Com o nono digito, a capacidade de numeração da área 11 aumentará de 44 milhões para 90 milhões de números. Atualmente, há 34,2 milhões de acessos móveis ativos e oito milhões em estoque nas prestadoras. Desta forma, 95% dos números possíveis na área 11 foram atribuídos e 77% estão em uso.

O prazo para implementação do nono dígito nas demais áreas de registro está sendo definido pela Anatel. Os Planos de Numeração dos demais serviços Telefônico Fixo Comutado (STFC) e Móvel Especializado (SME) não sofreram alterações, permanecendo com códigos de acesso com oito dígitos.