Ir direto para menu de acessibilidade.
> Página inicial > Comissões Brasileiras de Comunicação (CBCs) > Normalização de Telecomunicações (CBC3)


Normalização de Telecomunicações (CBC3)

Publicado: Sexta, 13 de Fevereiro de 2015, 17h17 | Última atualização em Quarta, 17 de Junho de 2020, 10h40 | Acessos: 7463

Esta Comissão atua nos trabalhos do Grupo Assessor de Normalização das Telecomunicações (Telecommunication Standardization Advisory Group / TSAG) e das Comissões de Estudo (CEs) do Setor de Normalização da União Internacional de Telecomunicações (UIT-T), bem como nos assuntos correlatos ao tema de Normalização nos Comitês Consultivos Permanentes da Citel e no Subgrupo de Trabalho nº 1 (SGT-1) – Comunicações do Mercosul, além de outras organizações nacionais e internacionais cujo tema de discussão esteja relacionado diretamente à Normalização.

Temas de atuação da CBC 3:

  • segurança das telecomunicações, gestão de identidades, técnicas abstratas de descrição e linguagens em sistemas abertos de comunicações, métodos de uso e outros aspectos relativos a software que são utilizados em sistemas de telecomunicações;
  • redes integradas de banda larga, para o transporte de TV a cabo, conteúdos multimídia interativos e outras aplicações onipresentes (e.g. e-health, e-learning, telepresence, etc, em outras palavras os e-services em geral) ou de tempo crítico, tais como voz, vídeo sob demanda e serviços interativos;
  • sistemas, terminais e aplicações destinados a serviços multimídia, protocolos e processamento de sinal (codificadores de mídia);
  • tarifas e princípios contábeis para serviços internacionais de telecomunicações, com o tratamento de aspectos políticos e econômicos;
  • discussões politicas e regulatórias relacionadas às redes de telecomunicações, incluindo OTT;
  • desempenho fim-a-fim de terminais e redes, considerando a qualidade percebida e a aceitação pelos usuários de voz, dados, textos e aplicações multimídia;
  • definição de protocolo, testes, gerência das redes de telecomunicação e combate a equipamentos não conformes;
  • requisitos de sinalização e protocolos em funções relacionadas com mobilidade, multimídia, acesso, interconexão de redes e ao protocolo da Internet;
  • arquitetura, evolução e convergência das redes de próxima geração (Next Generation Networks / NGN), requisitos de mobilidade, sinalização, interoperabilidade e cenários de implantação;
  • cenários e arquiteturas de Redes Futuras (pós-NGN), incluindo aspectos de universalização de serviços, confiança nas redes de telecomunicações e aplicações em nuvem;
  • consequência de tecnologias emergentes nas rede de telecomunicações;
  • Internet das Coisas (Internet of Things - IoT) e Cidades Inteligentes Sustentáveis (Smart Sustainable Cities);
  • aspectos operacionais de numeração, nomenclatura, endereçamento e roteamento, incluindo definição de serviços;
  • redes de telecomunicações móveis, serviços de Internet sem fio, convergência fixo-móvel, interoperabilidade e aplicações multimídia;
  • gerenciamento de serviços, redes e equipamentos de telecomunicações, inclusive o suporte a redes de próxima geração (NGN) e a evolução do modelo Telecommunication Management Networks (TMN);
  • desenvolvimento de interfaces Business to Government (B2G);
  • aprovisionamento de serviços, inclusive para alarme e socorro em casos de catástrofes, requisitos operacionais de emulação, gestão de nomes, recursos de numeração, endereçamento, critérios, fatores humanos, avaliação de tráfego e qualidade de serviço;
  • redes de transporte ópticas e infra-estrutura de redes de acesso, envolvendo sistemas, equipamentos, fibras e cabos ópticas, bem como, sua instalação, manutenção, teste, instrumentação e medidas técnicas;
  • proteção contra os efeitos de ambientes eletromagnéticos (Electromagnetic Compatibility / EMC), aspectos de segurança operacional e efeitos sobre a saúde humana dos sistemas de telecomunicações;
  • planta externa e instalações internas, considerando aspectos de construção, terminação, proteção contra corrosão e outras formas de agressão do ambiente (exceto EMC).
  • Combate ao uso de equipamentos de telecomunicações roubados, contrabandeados e/ou não certificados pela ANATEL.

A CBC 3 é composta dos seguintes Grupos Relatores de Normalização de Telecomunicações (GRNs):

  • GRN 1: Assuntos Estratégicos
  • GRN 2: Serviços, Redes e Qualidade
  • GRN 3: Aspectos Econômicos dos Serviços de Telecomunicações
  • GRN 4: Protocolos e Testes, Conformidade, IoT e Segurança
  • GRN 5: Compatibilidade Eletromagnética e Infraestrutura de Redes
  • GRN 6: Redes e Aplicações de Televisão e Multimídia

Participe da CBC3

As Comissões Brasileiras de Comunicação são abertas à sociedade.

Para participar das discussões e reuniões, preencha o formulário de inscrição

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. 

Coordenador

contato

Nilo Pasquali

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

(61) 2312-2060

 

Vice - coordenador

contato

Abraão Balbino e Silva

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

(61) 2312-2896

 

Secretário-Executivo

contato

João Alexandre Moncaio Zanon

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

(61) 2312-2508


Os participantes externos à Anatel que estiverem envolvidos nos trabalhos das CBCs e quiserem ir a encontros nacionais ou internacionais deverão arcar com eventuais custos de viagens e hospedagens.


Reuniões de coordenação

As reuniões de coordenação da CBC 3 ocorrem na sede da Anatel, em Brasília. 

 

registrado em:
Nós protegemos seus dados

Saiba como usamos seus dados em nosso Aviso de Privacidade. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com os Termos de Serviço e a Política de Privacidade da Anatel.