Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias Destaque > Últimas Notícias > Telefonia fixa registra menos 2,98 milhões de linhas em 12 meses

Mercado

Telefonia fixa registra menos 2,98 milhões de linhas em 12 meses

Publicado: Terça, 02 de Julho de 2019, 17h23 | Última atualização em Segunda, 05 de Agosto de 2019, 17h09 | Acessos: 437

Imagem de um telefone vermelho ao lado de papéis e lápis

O Brasil registrou 35,85 milhões de linhas de telefonia fixa em operação no mês maio de 2019, de acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em relação ao mês anterior (abril de 2019), houve redução de 506,37 mil unidades (-1,39%) e, nos últimos 12 meses, foram 2,98 milhões a menos (-7,68%).

Em maio de 2019, havia 15,93 milhões de linhas fixas registradas pelas autorizadas no país e 19,93 milhões pelas concessionárias. Em 12 meses, as autorizadas tiveram redução de 913,94 mil linhas (-5,43%) e, as concessionárias, queda de 2,07 milhões linhas (-9,40%). Comparado a abril, houve diminuição de 273,34 mil linhas (-1,69%) entre as autorizadas e, nas concessionárias, a redução foi de 233,03 mil linhas (-1,16%).

Grupos

Entre as autorizadas, no mês de maio de 2019, a Claro registrou a maior participação de mercado, com 10,09 milhões de linhas fixas no País (63,38%), seguida pela Vivo, com 3,90 milhões (24,50%), e TIM, com 968,00 mil linhas (6,07%).

Em relação às concessionárias, a Oi possui o maior volume de linhas fixas, 11,08 milhões de linhas (55,60%), seguida pela Vivo, 7,99 milhões (40,10%).

Os números do serviço de telefonia fixa estão disponíveis no Portal da Agência Nacional de Telecomunicações, há informações por empresa, grupo, município e estados e Distrito Federal.

registrado em: